Notas Expressas

Tivemos um enxugamento do nosso corpo de repórteres, mas estamos, aos poucos, retomando o ritmo de publicação de matérias.
(atualizado em 20 de outubro de 2007)


sexta-feira, 22 de dezembro de 2006

Opinião

Saldo Parcial de Minha Passagem pela UnB
por Gabriel Castro

A Universidade é o templo do conhecimento. É sinal mais alto grau de civilização: quanto mais universidades tem, mais evoluído é um povo. Por isso, fazer parte de uma instituição como a UnB me orgulha; sinto-me estimulado a dividir minhas experiências no campus.

Completados quatro semestres de vida acadêmica, já adquiri conhecimentos fundamentais para minha vida. Sem pensar muito,consigo me lembrar de algumas valiosas lições. Através de meus nobres tutores, aprendi que:


- O Apóstolo Paulo era homossexual e, por isso, odiava as mulheres

- A Dança do Gelo no programa do Faustão deveria ser executada com patins comuns, já que nosso país é tropical e não tem gelo

- A TV deveria transmitir campeonatos de capoeira em rede nacional

- O dinheiro público deve ser usado para financiar exposições artísticas que ofendam a religiosidade das pessoas (as donas do dinheiro público)

- Lênin era um democrata

- Olhando as linhas das mãos de uma pessoa, é possível saber quantos anos ela vai viver

- Fumar maconha é importante para o crescimento individual


Não estou falando dos alunos, que saem em passeatas defendendo ditadores. Não estou falando dos funcionários, que, contrariando a lei, utilizam o espaço da faculdade para fazer propaganda partidária. Estou falando das pessoas pagas para ensinar. Mestres, doutores e pós-doutores.

Até agora, a atividade que mais me rendeu foi jogar futebol de campo na disciplina Prática Desportiva. As lições do professor Alcir, ex- atleta do Olaria, têm sido muito úteis. Nas últimas duas partidas, fiz cinco gols*. Evoluí nitidamente e, como tenho 18 anos, talvez ainda consiga uma vaga no juvenil do Botafogo. Seria uma boa chance de abandonar de vez o templo do conhecimento.

* Nota do autor: escrevi isto há um mês. Nas três aulas seguintes, as últimas do ano, minha média caiu: fiz dois gols. Mas a culpa foi do setor de criação do time, que não funcionou bem.

2 comentários:

Anônimo disse...

Se vc já vem com convicções dogmáticas é impossível fazer parte do tal templo do conhecimento.
Abra a cabeça :)

Paulo disse...

Aaaa, então vai embora moleque, abandone o templo do conhecimento. Faça-nos esse favor.
Não sei como alguém que defende Israel e Bush pode pensar que é melhor que a UnB.